Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Está Tudo Tratado e Nada Resolvido

Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm opiniao...

Está Tudo Tratado e Nada Resolvido

Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm opiniao...

Mulher solteira procura marido rico


Uma mulher americana escreveu nas redes sociais a pedir conselhos para conseguir arranjar um marido milionário.


“ Sou uma mulher formosa (diria muito formosa) de 25 anos, bem formada e com classe. Quero casar-me com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano.

Tem algum homem neste portal que ganhe mais de USD 500.000/ano ou mais?

Será que esposas de milionários me podem dar alguns conselhos?

Já fui namorada de homens que ganhavam de 200 a 250 mil, mas não passavam disso. Não são 250 mil que me vão permitir viver em Central Park West.

Conheço uma mulher, na minha aula de yoga, que se casou com um banqueiro e vive em Tribeca, N. York, e ela não é tão bonita, nem tão inteligente como eu.

Então? O que ela fez que eu não fiz?

O que posso fazer para chegar ao nível dela?”

Rafaela S.

Resposta que recebeu de um homem que se afirma milionário:

“ Li o seu texto com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise cuidada da situação.

Em primeiro lugar, digo-lhe que não estou a fazer-lhe perder tempo, porque ganho mais de 500 mil dólares por ano.

Posto isto, considero os termos da seguinte forma: o que você oferece, visto na perspetiva de um homem como aquele que você procura, é simplesmente um péssimo negócio.

Eis os motivos: deixando-nos de rodeios, o que você propõe é um simples negócio em que põe a sua beleza física e eu ponho o meu dinheiro.

Salvo melhor opinião existe um problema. Seguramente a sua beleza vai decair e um dia vai terminar, no entanto o mais provável é que o meu dinheiro continue a crescer.

Assim, em termos económicos, você é um ativo que sofre depreciação e eu sou um ativo que rende dividendos. A senhora não só sofre depreciação, como ela é progressiva, aumenta sempre.

Clarificando, você hoje tem 25 anos e vai continuar a ser linda nos próximos 5 a 10 anos, mas sempre um pouco menos cada ano, e de repente se se comparar com uma foto anterior verá que está mais envelhecida.

Com isto quero dizer que você está no “Ponto”, que é a época ideal para ser vendida, não para ser comprada.

Usando linguagem de Wall Street, quem a tem hoje deve colocá-la em “Trading Position”, e não em “Buy and Hold”, que é aquilo para que você se oferece.

Todavia, o casamento representa um “Buy and Hold”, ou seja “Compre e Retenha”, no caso de ser consigo, não é bom negócio a médio/longo prazo, pelo que o aluguer, em termos comerciais poderá ser razoável. É uma questão que poderemos negociar.

Penso que mediante a certificação de quão “bem formada, com classe e maravilhosamente linda” é, eu como potencial interessado e futuro locatário, quero, como é prática habitual, fazer um “test drive”, antes de concretizar o negócio.

Resumindo:
Visto que comprá-la seria um mau negocio devido à sua desvalorização constante, proponho-lhe o aluguer pelo tempo em que o material se mantenha em boas condições de uso.

Espero notícias suas e despeço-me cordialmente,

O milionário que é mesmo milionário.”