Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Está Tudo Tratado e Nada Resolvido

Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm opiniao...

Está Tudo Tratado e Nada Resolvido

Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm opiniao...

Os leitores e os estúpidos.


Quando iniciei este blog a ideia base era a de servir de caixa de ressonância para mim mesmo de tudo aquilo que me vem à mente. Não me preocupava minimamente o sucesso da publicação.

Actualmente, embora não seja um "top blog", não me posso queixar com a projeção que o mesmo já atingiu. No entanto questiono-me sempre: O que posso fazer para atrair a atenção dos leitores?

Este assunto tem-me consumido muita reflexão.

Por vezes tenho constatado que a generalidade dos potenciais leitores não passam de observadores de imagens. Basta verificar que quando coloco uma foto num artigo, ele é visto pelo triplo das pessoas que o veriam sem a foto. Só não sei quantas pessoas o lêem realmente.

Quando coloco um texto tenho a certeza que só os verdadeiros leitores terão a paciência necessária para o lerem e interpretarem. 

Os estúpidos não perderão tempo a lê-lo porque o texto tem demasiadas letras. É por este motivo que posso escrever este post sem qualquer limitação na adjectivação. Não é com este segmento que vou preocupar, até porque não são eles que me interessam.

Para além de uma boa e apelativa imagem, quais são os temas que as pessoas mais procuram?

Pela pesquisa que realizei conclui que temas que tenham a ver com frivolidade e falta de envolvimento mental, são os que asseguram grande quantidade de visualizações. Mas o ideal é que o assunto abordado já esteja devidamente explanado para não obrigar a grande esforço na descodificação. Se o tema for abordado com um vídeo, então é ouro sobre azul, é meio caminho andado para o sucesso. Imagine, caro leitor, que existem vídeos de grande sucesso que se baseiam numa câmera fixa a mostrar um cachorro na sua casota.

Esta questão traz-me à ideia a imagem amplamente divulgada de que actualmente estamos perante a geração mais altamente qualificada de sempre. Não posso deixar de rir quando constato que um recém licenciado em Gestão de Empresas não sabe quem foi Milton Freedman, o principal percursor da teoria monetarista. Este é apenas um exemplo de tantos outros que todos vós, os leitores reais, com certeza se lembram.

Concluindo. Penso que nada devo fazer para atrair mais público, porque se assim fizesse, estaria a trair-me a mim próprio. Como tal vou continuar a fazer o que sempre fiz. Se os leitores gostarem, tanto melhor. Se não gostarem critiquem, só agradeço. 

Quanto aos estúpidos, só é estupido quem quer. Com a quantidade de informação de que dispomos hoje em dia, só é alienado quem quer. Que sejam felizes.